Acção ILM e Data Archiving

Mais do que essencial

Segundo Gartner: “SAP Data Archiving, uma parte essencial das operações do SAP”.

A informação tem um ciclo de vida: É criada, vive entre o banco de dados e a aplicação, sofre alterações, é concluída, arquivada e eventualmente excluída. Como armazenar, recuperar e excluir esses dados de forma segura dentro do SAP? Hoje, menos de 30% das empresas que utilizam SAP começaram a se preparar para arquivar dados obsoletos. Inevitavelmente, todas precisaram fazê-lo, e quanto antes isto for feito melhor.

Aqui entra a Acção!

Acção fornece soluções para o arquivamento de dados. Com uma equipe focada na implementação de projetos de SAP Data Archiving e com larga experiência, a Data Archiving oferece a melhor estratégia para auxiliar as empresas a atingir suas metas e ter uma infraestrutura enxuta, flexível e eficaz para reduzir significativamente os custos e maximizar a performance do seu sistema SAP.

Archiving é um projeto seguro, eficiente e com muitas vantagens:

  1. Reduzir o esforço de administração e de consumo de recursos do banco de dados SAP;
  2. Reduz o Tempo de Backups, Cópias de Sistema, utilização da Rede, System Recovery;
  3. Melhorar o desempenho do sistema SAP, Tempo de resposta e disponibilidade do sistema;
  4. Reduzir o custo total de propriedade (TCO) de seu sistema SAP;
  5. Atender a conformidades tanto corporativas quanto legais;
  6. Controle do crescimento da sua base de dados.

 

Serviços:

  1. SAP ILM (Information Lifecycle Management)
  2. SAP Archiving (ECC, BW, CCS e SRM)
  3. DART (Data Retention Tool)
  4. Print List Archiving
  5. Document Archiving

 

Faça o download dos nossos arquivos e saiba como analisar a sua base de dados.

  1. Check List Archiving DB02
  2. Check List Archiving RARCCOA

 

 


FAQ

 

Alguns usuários dizem que não precisam de archiving porque não há um volume suficientemente grande de dados em sua base. Isso é verdade?
O correto seria dizer SIM e NÃO, realmente. O importante aqui é analisar a taxa de crescimento. Para um cliente SAP que tem um pequeno banco de dados, por exemplo, 200 GB e está crescendo a 1% ao mês, em 3 anos essa base chega a 286 GB. Para esse cliente eu diria basicamente para não se incomodar com archiving. Mas se você tomar por exemplo um banco de dados um pouco maior, digamos 500 GB, que está crescendo 2% ao mês, em três anos chegará a 1 TB. Se o crescimento é de 4% ao mês chegará a 2,1 TB ao longo de três anos. Então, basicamente, se você tiver um banco de dados muito pequeno que está crescendo a uma taxa muito pequena por mês, de fato o archiving não é necessário nesse momento, Mas se você tem um banco de dados de tamanho médio que cresce de 2 a 5% em um mês, definitivamente o archiving deverá fazer parte dos seus planos.

 

Outra pergunta comum que ouvimos é, “Hoje em dia comprar hardware está muito mais barato, por que eu não compro mais disco, em vez de arquivar os dados?” Quais são os perigos de fazer isso?
Adquirir novos hardwares, resolvem o problema no momento, mas vale lembra rque seus volumes de dados continuarão a crescer e que seu tempo de Back-up e restore e disaster recovery também aumentará. Exemplo: uma empresa de telecomunicações no Reino Unido ttinha de dados 8 TB e eles precisavam fazer uma atualização de hardware, após 5 anos, torcaram o banco de dados de Informix para Oracle. Ao analisarem o volume de dados de 8 TB, eles precisariam de 4 a 5 dias somente para torcar de banco. A soluçao, foi reduzer sua base para 3 Tb (antes do refresh) usando o Archiving. Seus dados arquivados, ficaram disponiveis e sua bancpo on-line mais enxuto.
Lembre-se que você pode sim, colocar mais discos, mas isso só vai aumentar o seu problema no futuro, seja por um disaster recovery, um hsc ou hardware refresh.

 

O arquivamento de dados torna difícil para os usuários acessar os dados?
Não, de forma alguma. Para a maioria dos módulos do SAP, como FI, CO, MM SD e PP os usuários não vão notar nenhuma diferença acessando os dados nas mesmas transações utilizadas no dia a dia. A única diferença é que a informação estará disponivel apenas para leitura. Para alguns módulos, como projeto, os dados podem não voltar exatamente no mesmo formato, mas sim em uma visão mais técnica dos dados. Mas, geralmente, o usuário não vai notar qualquer diferença do dado on-line.

 

Muitos dos nossos leitores estão buscando atualizações para SAP ECC 6.0. Se um monte de gente disser: “Nós temos que focar no projeto upgrade agora, não podemos ter outro projeto em andamento,” há uma maneira de amarrar o archiving com o upgrade ou eles devem ser pensados como dois projetos separados?
Para qualquer cliente saindo do R/3 4.6 ou 4.7 para ECC 6.0 O archiving deveria ser parte do projeto de upgrade. Qaundo você sai do 4.6c para 4.7, o que os usuários irão notar é o crescimento de aproximadamente 15 a 25% no tamanho da base de dados sem realmente adicionar nenhum dado novo. Portanto, a execução de um projeto de archiving pode ter dois benefícios: Em primeiro lugar, ajudar a estabilizar o crescimento dos dados, e em segundo lugar, o processo de upgrade é executado de forma muito mais rapida. Nós conversamos com um grande número de clientes que estão efetuando a atualização para o ECC 6.0 e alguns dos clientes também estão fazendo conversão do banco de dados para Unicode ao mesmo tempo, se você fizer arquivamento da base de dados antes, isso pode realmente acelerar a conversão em 25 %.

 

E sobre os chamados “jovens usuários SAP”? Eles deveriam pensar em archiving? E empresas que usam o SAP a pouco tempo?
A maioria dos clientes deixa o sistema crescer livremente por cinco anos ou mais e ai sim começa a pensar em Archiving. Um dos benefícios de arquivar os dados desde a implantação do SAP é que teremos um controle do crescimento banco. Estabilizando assim o desempenho do sistema desde o primeiro dia de operação. O ideal é que qualquer novo cliente deveria começar um projeto de Archiving já no projeto de implantação do ECC.

 

Quanto tempo um projeto de archiving normalmente leva?
Um projeto de archiving é executado exatamente da mesma forma que qualquer outro projeto SAP, baseado na metodologia ASAP, claro que de uma forma mais enxuta. Sendo assim um projeto típico de Archiving deve levar de 60 a 75 dias.

 

[/tab]
[/tabs]

Para mais informações acesse nosso site específico sobre o serviço: http://www.dataarchiving.com.br

...0

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *